Viajando.

27 abr

Bem, até pude rir há pouco pois numa rede social havia a frase “quantos textos você não leu na páscoa?”. No feriado, realmente só uma leitura aqui, outra ali, umas beliscadinhas, nada a fundo… No entanto, mesmo não lendo, andei escrevendo algumas coisas. Ando extremamente humana e sensível, e até que ponto isso é positivo, desconheço. Porém essa sensibilidade me faz criar analogias com as situações que vivo e mesmo nas mais simples coisas eu vejo grande profundidade.

No que retornava a Pelotas, no ônibus, fiquei um grande tempo analisando a paisagem.. até que decidi ler mais um pouco, quando novamente mirei a janela…

E eu percebi que tenho enxergado a vida do mesmo jeito que olhei a janela do ônibus. Por trás da cortina, você sabe o que é claro e o que é escuro, mas não vê a verdade – e a verdade não te vê. Mas que simples; Basta tirar a cortina para enxergar claramente! E o foi o que eu fiz (mesmo que não seja tão fácil “tirar as coisas” do nosso caminho, na vida).. No entanto, mesmo sem a cortina eu não pude distinguir nada: o vidro estava embaçado (o que, realmente, me fez crer numa conspiração).

Mas aí eu (acho que) entendi: mesmo quando os fatores externos não nos permitem ver a realidade, cabe a nós aceitar ou mudar isso. ( Quisera eu ter quebrado o vidro ou desembarcado e apreciado o belo pôr-do-sol. Diante da própria covardia, retomei minha leitura sobre a ordem mundial pra parar de pensar na vida e “entender o mundo como ele realmente é”. (a falta de poesia está me destruindo…)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: