O bem da gratidão

15 abr

Ontem, conversando com meus melhores amigos, falavamos sobre nossas vidas, nossos planos e nossas novas experiencias; até que uma amiga começou a compartilhar o que tem vivido ao trabalhar no hospital: como ela se sente mais madura e encarando a vida de outra forma. Felizmente, para mim, não precisei trabalhar no hospital; porém, infelizmente, tive vários choques e perdas no meu caminho que me to…rnaram um tanto fechada e, ao mesmo tempo, como essa grande amiga, mais madura.
Ainda ontem, ou hoje na madrugada, tivemos uma recepção meio tensa aqui em casa. Mas fiquei feliz de perceber que existem amigos que realmente dão valor ao significado da palavra “amizade” e que cuidam de honrar essa palavra, a sua maneira, mas o fazem.
Momentos depois dessa “recepção” desagradável, da janela do meu quarto, ouvi os sons da sirene da ambulância. Logo me veio a mente “Obrigada Deus, obrigada, obrigada.. por minha familia estar bem, estar viva, estarmos todos bem”. Mas logo trilhões de coisas vieram na mente que ouvi, fosse em músicas, em aulas ou em conversas (resumirei com Nando Reis): “a vida é mesmo coisa muito frágil, uma bobagem uma irrelevância, diante da eternidade do amor de quem se ama” (por onde andei).
Por que motivos estou escrevendo aqui, até eu desconheço.. Mas tenho aprendido cada vez mais que “colhemos o que plantamos”, “tudo passa” (inclusive a nossa vida!!) e “a vida é uma só pra ser desperdiçada”. Escrevo porque na minha “ingenuidade internética” eu gostaria que todas pessoas que tenho como amigos lessem isso; que soubessem que eu os amo demais e que não desperdicem seus momentos: nós, aqui sentadinhos em nossas cadeiras em frente ao computador, temos TUDO, tudo mesmo e reclamamos de barriga cheia da vida! (Não preciso de fotos chocantes de pessoas da África ou do menino, logo ali, na esquina, deitado no chão pra mostrar isso.)
Por vezes, eu queria sonhar que tudo estaria até melhor do que já está, tirando aquelas pequenas briguinhas familiares, aquela preocupação tosca com dinheiro e livros pra faculdade; porque no fim das contas o que vale é o que carregamos conosco, dentro de nós, nossos valores, nossa educação, nosso amor a vida. (Meu pai sempre me disse que podiam tirar tudo de material o que eu tinha, se eu soubesse usar o que tinha dentro de mim, sempre conseguiria recomeçar e, mais, ninguém ia tirar de dentro de mim os valores, os amigos, a educação, o amor que eu teria dentro de mim (e graças a Deus, tenho!).) Enfim, eu sei que não está tudo perfeito, mas está muito melhor do que poderia estar em tempos passados. Mas eu queria uma mensagem, um apelo, uma “lição de moral” pra minha “história”: “Viva a vida” é clichê, além do que muitas pessoas acham que viver, curtir, a vida é ir nos seus limites e muitas vezes o nosso limite pode ser nosso fim. Creio que o importante, hoje e sempre, é agradecer. Sei lá, agradeça a seus pais, por terem dado a vida que você vive hoje e oportunidades que talvez não tenham tido; seus amigos, anjos que a vida coloca em nossos caminhos, e que quando precisamos estão ao nosso lado, seja um momento bom ou ruim; por ter chances na vida: estudar, trabalhar, namorar, casar, respirar, ter onde morar e tantas outras coisas. A minha lição de moral, pra inicio de mês, talvez seja “viva nos seus limites”, “reconheça seus limites para realizar seus sonhos”, “determine suas prioridades”, “ame acima de tudo”, “encontre seu equilibrio, seu amor proprio”, “se encontre”, “ame bastante” e, porque não:”sofra”, entenda seu sofrimento, “cresça, aprenda com seus erros”.
A vida é muito linda, gente, linda mesmo. Não importa se seus amigos estão do outro lado do mundo ou na esquina de casa; se seus pais se divorciaram ou estão discutindo na cozinha, agora; se sua faculdade te arranca cada moeda do bolso ou o que for… Honestamente, levante a bunda dessa cadeira, hoje, pelo menos, e abrace quem estiver junto de você. Só isso. Abrace. Se quiser falar algo, fale, ou só pense o quão bom é ter alguém ao seu lado (mesmo que essa pessoa te incomode 24h/dia…). Valorize a vida que você tem em mãos e as vidas que tem a sua volta; se estão no seu caminho, ao seu lado, tem um motivo, então: AGRADEÇA!
Desculpe se me estendi demais, num post de facebook, que talvez fosse mais digno para um diário ou blog, mas: Obrigada por ter lido, obrigada por fazer parte da minha vida. Só queiro que saibam, que hoje eu fiz uma oração especial para todos os “anjos” na Terra que chamamos de “AMIGOS” (sejam da familia ou não) e, possivelmente, você seja um desses meus anjos ou de alguém que amo muito. Obrigada por tudo e desejo muita luz pra todos, nesse novo mês e sempre. Bom dia a todos!

 

Obrigada Senhor, por aqueles momentos que eu sinto imensurável alegria; porém não me deixe esquecer os momentos de dificuldades, para que eu me lembre o quão forte eu consegui ser em determinados pontos da minha vida e muito obrigada por esses momentos também- pois essa força não veio sozinha para mim.

Escrito no Facebook, dia 1º de Abril de 2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: