3 jan

” você só percebe que esta muito rápido, quando já parou. “

 

eu não me arrependo das minhas decisões. não digo sempre. mas das últimas tomadas. magoa a indiferença. bem que dizem por aí o quão doloroso esta é e que é a melhor resposta que se pode dar pra quem não é digno de nossa atenção.

me sinto uma traste. esperando, esperando. quanta ilusão. quem quer mais o que? acabou, virou-se as costas e partiu. esqueça o que passou e toque a vida.

essa teoria é tão complicada quando ainda temos sentimentos. sorte que alguns conseguem acabar com qualquer manifestação de sentimentos rápida e facilmente. é uma pena, é muita mágoa.

e eu me travo e todos dizem ‘segue em frente’. calma. só mais um tempinho. em breve eu me levanto e tomo as rédeas sobre o que fazer. eu também não vou esperar para sempre. talvez o ideal fosse não esperar por ninguém. mas vai saber o que esperar de mim mesma! sei que não quero as coisas como eram e, sim, como elas podem ser.

tempo, tempo, tempo…

escolhas, escolhas…

é tão ruim que tudo se complique quando algo tão simples: atitudes – como a maturidade, as atitudes positivas, a imposição de respeito – devem ser tomadas. magoa o fato de sentir que perco uma parte de mim, um amigo.

um tanto confusa. a falta de sono também ajuda a não clarear muito as coisas. mas está bem. está tudo bem. logo o caminho se ilumina e eu decido que rumo tomar. espero que o tempo seja gentil e cure as feridas que ele mesmo abriu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: