25 jul

foi num domingo qualquer…

-oi?

-oii! te arruma! ‘tô passando aí em 5 minutos!

-hein?

-te arruma! já ‘tô chegando!

-‘tá, né…

e foi assim.

vem, vamos fugir! pra bem longe, nem que o longe seja logo ali. pode ser no laranjal ou no quadrado, onde tu preferir. tomar um chimarrão, rir um pouco, tomar um banho de sol no frio.  no caminho eu te mostro aquela música que me faz lembrar você, pergunto do teu dia e ouço tua voz como a melhor melodia.

vem, vamos fugir! deixa  isso tudo, por agora.  troca de música, me faz sorrir, fica do meu lado, abraça o silêncio, me dá teu sorriso, me abraça e esquece de tudo comigo. o sol batendo, teu sorriso, a estrada. foge comigo. é só isso. não quero mais nada.

vem! vamos fugir! vem comigo e relaxa. abre o sorriso, afrouxa essa gravata, vira meu abrigo… vamos quebrar a rotina. vou te visitar sem tu esperares, qualquer dia. esquece do resto e vem! te desprende! desapega dos problemas. vamos embora, vai valer a pena..  só nós e a estrada.  nós e a vida inteira… só nós dois e o mundo. nós dois pro mundo.

e foi assim, num domingo qualquer. um dia qualquer aí. aquela ligação inesperada, aquela atitude engraçada. foi assim, em um rico domingo de sol, onde o maior brilho era do teu sorriso. um dia que sem avisar te fiz meu.. um dia  numa nostalgia imaginada minha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: